Mesa Redonda Com Os Palestrantes

Semana de Inovação Tecnológica da UFOPA – Amazônia

Inovação tecnológica é tema central de evento da UFOPA com participação do #teamVIA

O evento, realizado entre os dias 10 and 14 de dezembro no Campus Tapajós, reuniu atores da tríplice hélice (academia-governo-mercado) entre os palestrantes e ouvintes. A organização ficou por conta da Agência de Inovação Tecnológica (AIT) e a Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação Tecnológica (PROPPIT) da UFOPA, em uma comissão encabeçada pelos professores doutores José Roberto Branco, Nei Oliveira e Celson Pantoja.

Atividades promovidas na UFOPA

Ao longo da semana, o público pôde participar de diferentes palestras e oficinas, começando pela “Oficina de Empreendedorismo Científico” para mestrandos e doutorados conduzida pelas consultoras Mariana Bottino e Patrícia Coimbra do Núcleo de Inovação Tecnológica NIT-Rio e a palestra “Modelo de Parque de Ciência e Tecnologia no Estado do Pará”, com o professor Dr. João Crisóstomo Weyl, da Universidade Federal do Pará. O ecossistema catarinense foi representado pelo Diretor de Mercado da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE), Silvio Kotujansky e, na hélice academia, a doutoranda do PPGEGC/UFSC, Ágatha Depiné, foi a porta-voz do Grupo VIA.

As explanações dos convidados foram complementares e demonstraram a importância da atuação conjunta e sinérgica da tríplice hélice para o desenvolvimento de um ecossistema de inovação. Enquanto o professor João Crisóstomo apresentou o modelo de parques desenvolvido pelo government do Pará nos últimos anos, com seus acertos e dificuldades, Silvio Kotujansky apresentou o papel da ACATE (mercado) no desenvolvimento do ecossistema de inovação catarinense nas últimas décadas, hoje uma referência nacional. Por fim, o Grupo VIA teve seu case apresentado e salientou a contribuição do grupo de pesquisa (academy) em importantes projetos do ecossistema, como: Innovation Network Florianópolis, Rede de 13 Centros de Inovação do Estado de Santa Catarina, Pacto pela Inovação, Living Lab Florianópolis, mapeamentos, ações de formação para inovação e empreendedorismo and mudança de cultura nas cidades e regiões.

Além das palestras individuais, o grupo também se reuniu em uma mesa redonda com o tema “Cooperação entre universidade-governo-empresa”, mediada pelo professor da UFOPA, Dr. Celson Pantoja Lima.

Mapeamento do ecossistema de inovação de Santarém na UFOPA

A universidade, por meio de sua Agência de Inovação Tecnológica, promoveu no último dia de evento uma oficina conduzida pela #estaçãoVIA com metodologia própria para mapeamento de ecossistema de inovação de Santarém. A metodologia do Grupo VIA tem por base a utilização do conhecimento de diferentes atores da tríplice hélice do ecossistema de inovação local para, de forma colaborativa, realizar o levantamento das necessidades do ecossistema, seu potencial e a indicação de seu protagonistas. Com base nesse trabalho é possível criar um plano de ação, com visão de futuro e proposta de valor, para o desenvolvimento do ecossistema. Essa metodologia foi aplicada em diferentes locais de Santa Catarina, além de Santa Maria – RS, Chile e, agora, Amazônia. Esperamos que os atores do ecossistema de inovação de Santarém tornem seu ecossistema uma referência em inovação e empreendedorismo para a Amazônia e o Brasil!

Quer saber mais sobre o nosso grupo e as nossas metodologias? Acompanhe nosso blog e nossas redes sociais 😉

The following two tabs change content below.
Equipe de pesquisadores com foco na transformação do conhecimento de forma tangível e utilitária para a sociedade, governo e empreendedores, through education, research and extension. Atuamos de forma colaborativa e em rede, conectando pessoas e organizações ao nosso propósito.