Grupo De Pessoas Diversas Tendo Uma Reuniao De Negocios 53876 25060

Fatores de sucesso para parques tecnológicos privados brasileiros

Essa publicação tem o intuito de falar um pouco sobre fatores importantes para parques. Para isso, foi utilizada a publicação Fatores Críticos de Sucesso para Modelagem de Parques Tecnológicos Privados no Brasil (2005), publicada no XI Seminário Latino-Iberoamericano de Gestão Tecnológica. O trabalho acadêmico tem em sua autoria: Luiz Antonio Gargione (Univap), Paulo Tadeu De Mello Lourenção (Univap) and Guilherme Ary Plonski (IPT).

Parques Tecnológicos e Científicos

A associação internacional de parques científicos e áreas da inovação (IASP) define um parque científico ou tecnológico como uma organização, que gerida por especialistas, tem como principal objetivo aumentar a riqueza da comunidade. Para isso, promovem a cultura da inovação e da competitividade de empresas baseadas em conhecimento associadas. Para que isso seja possível, os parques se baseiam na criação de infraestrutura necessária pra abrigar projetos relevantes. That way, os autores destacam como aspecto importante a estimulação e gerenciamento do fluxo de conhecimento.

É ressaltado que o movimento de parques científicos e tecnológicos no Brasil começou de forma tardia. Besides, os parques brasileiros majoritariamente procuram financiamentos provenientes do estado. Isso pode trazer uma série de problemas, limitando os recursos, diminuindo a celeridade nas tomadas de decisões e interferindo na qualidade da prestação de alguns serviços.

Modelos de parques

Com a tardia implementação de parques no Brasil, os modelos de parques cientifico-tecnológicos ainda não foi muito bem definido. O artigo destaca que há experiência individuais não sistematizadas espalhadas pelo país. Muitos casos aproveitam clusters já existentes em seus municípios para conceituar seus modelos.

Modelo de Parque Dinâmico

Espaço norteado no conceito de crescimento de negócios. That way, abrigam empresas baseadas no conhecimento que se instalam em forma de clusters. Besides, dinamizam a transferência de conhecimento conectando com instituições de ensino e pesquisa.

Modelo de Parque Estático

Consiste em um espaço industrial com infraestrutura associada a uma série de utilidades. Esses espaços buscam como ocupantes empresas de base tecnológica.

Modelo de Parque Urbano

É um modelo que privilegia a criação de certos mecanismos para gerar sinergia entre centros locais de pesquisa e empresas. Esse modelo se caracteriza por apoiar politicas públicas regionais para melhoria do espaço urbano, assim revitalizando áreas degradadas ou economicamente deprimidas.

Fatores de Sucesso para Parques Científico-Tecnológicos

O artigo cita algumas características consideradas como fatores críticos de sucesso pelos autores. Primeiramente, the infraestrutura, que deve ser suficiente para receber empresas de base tecnológica. Besides, deve-se possuir fácil acesso, proximidade com rodovias, aeroportos e centros urbanos. Besides, o parque deve estar próximo de centros de ensino e instituições de pesquisa.

Outra característica chave é a de serviços especializados, que deve possuir núcleos especializados em tecnologia e inovação. Besides, é importante a presença de pessoal especializado em estruturação de projetos de desenvolvimento tecnológico.

Também importante, the gestão do parque, traz mecanismos de governança próprios com autonomia para decisões. O parque deve possuir um modelo de gestão profissional com uso de indicadores de qualidade da prestação dos serviços oferecidos pelo parque.

Os fatores econômicos e financeiros são outros fatores chave. That way, mantendo preço competitivo cobrado pela infraestrutura, garantindo assim viabilidade financeira do parque. Besides, deve haver captação de recursos financeiros via instituições de fomento e fundos governamentais.

 

Confira o artigo Fatores Críticos de Sucesso para Modelagem de Parques
Tecnológicos Privados no Brasil na íntegra clicando AQUI

 

The following two tabs change content below.

Lúcio de Souza Silva

Graduando em Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de Santa Catarina. Entusiasta de qualquer atividade relacionada a inovação e tecnologia.