Ecossistema Startups X Biblioteconomia

Ecossistema de Startups X Profissionais da Biblioteconomia

Possibilidades para a Biblioteconomia no Ecossistema de Startups em Florianópolis

A VIA Estação Conhecimento tem orgulho em divulgar a publicação na Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação (RBBD), do artigo Ecossistema de Startups em Florianópolis: possibilidades para profissionais da Biblioteconomia, da doutoranda em Ciência da Informação (UFSC) Priscila Machado Borges Sena, com as professoras Ursula Blattmann (Departamento de Ciência da Informação/UFSC) e Clarissa Stefani Teixeira (Departamento de Engenharia e Gestão do Conhecimento/UFSC).

Ecossistema de Startups

Apresentação do Resumo Estendido no CBBD 2017. Fonte: Priscila Machado Borges Sena (2017).

Este artigo se originou de um dos resumos estendidos selecionados no XXVII Congresso Brasileiro de Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação (CBBD 2017), para submissão integral a RBBD. Thus, o resumo estendido foi apresentado e divulgado nos anais do congresso.

No artigo as autoras levantam reflexões sobre o contexto inovativo e tecnológico de Florianópolis, no que se refere às possibilidades de atuação para profissionais da Biblioteconomia, bem como sobre as habilidades, competências e atitudes pertinentes para o Ecossistema de Startups.

Com o objetivo de indicar possibilidades de atuação profissional da área de Biblioteconomia no Ecossistema de Startups de Florianópolis, e delinear as competências, habilidades e atitudes fundamentais para esse ambiente, as autoras recorreram ao documento Competências para Profissionais da Informação da Special Libraries Association (SLA).

That way, apresentam uma breve caracterização de um Ecossistema de Startups e o relaciona com as Competências para Profissionais da Informação da SLA. O que tornou perceptível a necessidade da participação do profissional da Biblioteconomia no contexto do Ecossistema de Startups de Florianópolis.

A comparação das Competências para Profissionais da Informação da Special Library Association com as características de um Ecossistema de Startups mostrou, segundo as autoras, que estas são pertinentes, em virtude dessas comunidades se constituírem baseadas na multiplicidade de conhecimentos de distintos atores no fluxo da informação.

Para ler o artigo na íntegra, acesse o último número da RBBD (clique aqui).

The following two tabs change content below.

Priscila Machado Borges Sena

Bibliotecária, bibliófila, apaixonada pela leitura, e por toda construção e desconstrução que o acesso e uso da informação e do conhecimento provocam nos seres humanos. Encantada pela docência e pela pesquisa. Engajada em movimentos associativos para o fortalecimento dos profissionais da informação. Mestre e Doutoranda em Ciência da Informação.

Latest posts by Priscila Machado Borges Sena (see all)