Inovação

Disciplina de habitats de inovação em rede interage com stakeholders de 10 regiões brasileiras

Inovação do grupo VIA Estação Conhecimento também na pós-graduação

Como forma de transferir conhecimento utilitário e tangível para a sociedade, a disciplina Habitats de Inovação do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento inovou no ano de 2020 abrindo oportunidade para alunos de todo o Brasil. Com 70 pessoas conectadas, toda a sexta-feira, alunos e professores trocam conhecimentos acerca dos ambientes propícios para a inovação e como estes podem impactar e desenvolver os territórios nos quais estão inseridos.

A disciplina está atuando em 10 territórios brasileiros. A proposta é conduzida por meio da metodologia exclusiva do grupo VIA Estação Conhecimento, chamada VIA Cycle que utiliza ferramentas inovadoras do grupo para a identificação de desafios e a proposição de enfrentamento, mitigação ou resolução dos mesmos.

Sobre a metodologia Ciclo VIA

Esta metodologia é pautada por abordagens combinadas das metodologias ativas de educação. Thus, opta-se por metodologias baseadas em lugar (são 10 territórios brasileiros estudados) e baseadas em problemas e projetos, ambas com aprendizagem ativa onde discentes e professores identificam situações reais e realizam proposições de melhoria para determinado território. A disciplina mesmo em formato remoto possibilita uma vivência experiencial e imersiva que beneficia alunos e professores.

Compõe a metodologia seis etapas, sendo personas e atores, desafios, soluções, stakeholders, proposição de atuação no território e demo day. A metodologia já vem sendo utilizada pelo grupo, na mesma disciplina, tendo como focos anteriores o Distrito de Inovação de Florianópolis – atual Distrito 48 e o Centro de Inovação da ACATE – Sapiens Park.

Os territórios selecionados estão em seis estados brasileiros, being: Serra – Espírito Santo, Maceió – Alagoas, Santarém – Pará, Cuiabá – Mato Grosso, São Bento do Sul, Balneário Camboriú, São José e Florianópolis – Santa Catarina e Santa Rosa e Santa Maria no Rio Grande do Sul.

Segundo a professora Clarissa Stefani Teixeira a disciplina permite o entrosamento de diferentes culturas, realidades e visões, em um movimento colaborativo e que possibilita que as pessoas usem o conhecimento científico, a experiência de diversas regiões do mundo e de diferentes especialistas como forma de transformar as realidades. Em sua avaliação, a disciplina deixará um legado e contribuirá com a possibilidade de ter ações reais, envolvendo os atores locais, discentes e docentes em um movimento em prol da cultura de inovação e empreendedorismo.

Encontro com stakeholders marca a identificação de desafios

Os 11 times de discentes estiveram conduzindo 11 workshops com 95 stakeholders. Com ferramenta do grupo VIA Estação Conhecimento os grupos identificaram as dores, desafios ou problemas e as personas de cada território. Com apoio de professores cada grupo avançou no desenvolvimento de soluções visando mitigar as necessidades identificadas.

O foco do plano de ação que inicia sua construção é em diversas temáticas dos habitats de inovação, being:

Serra – Espírito Santo: Park

Maceió – Alagoas: Centro de Inovação e Distrito Criativa

Santarém – Pará : Coworking

Cuiabá – Mato Grosso: Park

São Bento do Sul – Santa Catarina: Innovation Center

Balneário Camboriú – Santa Catarina: Distrito Criativo

São José – Santa Catarina: Distrito Criativo

Florianópolis – Rede de Economia Criativa

Santa Rosa – Rio Grande do Sul: Innovation Center

Santa Maria – Rio Grande do Sul – Park

 

 

Os grupos trabalham de forma colaborativa e iniciam o desenvolvimento do plano de ação. On the 11 de dezembro a disciplina fará a primeira prévia dos resultados e, no dia 18 de dezembro, os 11 grupos apresentam seus resultados para os territórios. Acompanhe em nossas redes (instagram and facebook)!

The following two tabs change content below.
Equipe de pesquisadores com foco na transformação do conhecimento de forma tangível e utilitária para a sociedade, governo e empreendedores, through education, research and extension. Atuamos de forma colaborativa e em rede, conectando pessoas e organizações ao nosso propósito.