Ramiro Pianarosa 8 AMIsjGf S Unsplash

Dia mundial da bicicleta: solução para a mobilidade e a saúde urbana

Em 2018 a Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou a resolução 72/272 instituindo o dia 03 de junho como o Dia Mundial da Bicicleta, uma data para comemorar a contribuição da bicicleta ao bem-estar humano e promover o seu uso em todo o mundo. A iniciativa é resultado de um estudo realizado pelo pesquisador Leszek Sibilski, o qual ressalta a importância da bicicleta para o desenvolvimento.

A bicicleta existe há pelo menos dois séculos, foi popularizada com a Revolução Industrial e tornou-se o veículo mais utilizado no mundo contemporâneo, justamente por ser um meio de transporte simples, acessível, confiável e sustentável. No Brasil, até a década de 1950 a bicicleta era um recurso de difícil acesso, pois precisava ser importada da Europa. Somente após esse período surgiram as primeiras produtoras nacionais e ela passou a se popularizar no país.

A WRI Brasil destaca alguns dos benefícios do uso da bicicleta como: ajudar a melhorar a saúde pela prática de atividade física, diminuir o tempo gasto no trânsito, gerar um custo baixo de manutenção e de locação, não emitir gases poluentes, possibilitar conexão com o transporte público e independência do carro. Hoje, quatro em cada cinco adolescentes do mundo não pratica atividade física suficiente e, para a Organização Mundial da Saúde (OMS), andar de bicicleta pode reduzir o risco de doenças cardíacas, derrames, certos tipos de câncer, diabetes e até a morte.

Além do uso tradicional, com o passar do tempo a bicicleta foi adotada em novas formas de trabalho e atividades, como os sistemas de aluguel e compartilhamento e a utilização em serviços de entrega ligados a aplicativos. Considerando o novo contexto, em 2018, conforme o Plano Nacional de Mobilidade, foi publicada a Lei 13.724/2018 que instituiu o Programa Bicicleta Brasil (PBB) para melhorar as condições gerais da mobilidade urbana brasileira. O PBB será desenvolvido no âmbito da Estratégia Nacional de Promoção da Mobilidade por Bicicleta até 2040, como parte da estratégia para estimular o uso da bicicleta em níveis municipal, estadual e federal.

Recentemente, com as questões de mobilidade urbana e distanciamento social na pandemia, a ONU defendeu a bicicleta como um dos principais impulsionadores da recuperação verde pós-COVID-19.

Leia também: Resiliência urbana e o impacto da Covid-19 nas cidades

The following two tabs change content below.
Equipe de pesquisadores com foco na transformação do conhecimento de forma tangível e utilitária para a sociedade, governo e empreendedores, por medio de acciones de educación, investigación y educación. Atuamos de forma colaborativa e em rede, conectando pessoas e organizações ao nosso propósito.