Cobertura VIA – Meetup Conectando Eventos, Tecnologia E Inovação

Cobertura VIA: meetup conectando eventos, technology and innovation.

Cobertura VIA: meetup conectando eventos, technology and innovation

Abertura: turismo x tecnologia

A VIA se fez presente nesta última quinta-feira (04 de abril) no Meetup: conectando eventos, technology and innovation. O evento ocorreu em um dos mais novos centros de inovação da ACATE, CIA Downtown. Para isso, foi realizado pelo Floripa Convention & Visitors Bureau com apoio da Rede de inovação Florianópolis e o A.P.I. de turismo da cidade.

O meetup foi aberto por Humberto Freccia, presidente do Floripa Convention & Visitors Bureau que trouxe um pouco do histórico de Floripa. Neste sentido, foi apontado para a visão externa em relação a ilha, sendo por muito tempo considerada principalmente pelo turismo. Tal fato gerou o apelido de ilha da magia, por encantar seus visitantes. Por outro lado, o expressivo crescimento do polo de tecnologia vem modificando cada vez mais esta visão. Prova disto é o mais atual apelido, ilha do silício.

O evento seguiu com Vinicius de Lucca, superintendente de Turismo, que comentou o caso da Smart Tour Brasil. Para tal, disse que a startup fez parte do projeto Sinapse da Inovação em 2018 e é um exemplo da conexão tecnologia-turismo. Além dele, Thaís Nahas, diretora de negócios inovadores na superintendência de CT&I, falou sobre a Innovation Network of Florianópolis.

Convidados Especiais

Ana Cristina Gama

A diretora de operações da V.Office falou sobre os riscos tomados ao trazer o The Developer’s Conference (TDC) para Florianópolis. Todavia, afirmou que a conferência foi bem aceita e comentou das proporções que o evento tomou. Em resumo, sua 1ª edição em 2008 had a public of 1 dia de duração, 2 salas e 16 speeches. currently, na sua 12ª Edição, o evento terá 5 dias de duração e ocupa todo o espaço do Centro-Sul. Durante este período, os participantes podem contar com 72 trilhas e workshops. Portanto, o TDC se tornou um espaço para networking, compartilhamento de experiências e educação a nível nacional. Besides, inclui diversas iniciativas como o TDC4KIDS e o +DIVERSIDADE. In this year, o evento ocorre de 23 the 27 de abril, podendo acessar mais informações aqui.

André Rodrigues da Silva

O CEO da startup mobLee discutiu sobre o apoio das plataformas tecnológicas no planejamento de eventos. Neste sentido, trouxe o caso da Resultado Digitais, empresa Catarinense que mudou o marketing no Brasil por meio da tecnologia. Besides, para André a lacuna do marketing digital está na necessidade do “cara-a-cara”, daí a importância dos eventos. Sobre isto, ressaltou três pontos: divulgação e marketing, engajamento da audiência e pessoas, lembrando que eventos são sobre pessoas e que tecnologias desta área também devem ser sobre pessoas.

Marcelo Bohrer

Para finalizar, o vice-presidente do Floripa Convention & Visitors Bureau, trouxe o case do Floripa Conecta. Para ele, este movimento busca mostrar tudo que Floripa tem a oferecer além do turismo nas praias: a cultura, technology, esportes, gastronomia e todos outros elementos que tornam a ilha tão linda, inovadora e acolhedora. Embora novo em Floripa, nota-se que o movimento foi inspirado no SXSW, que agrupa diversos eventos realizados em Austin nos Estados Unidos. No caso do Floripa Conecta, ele terá sua primeira edição este ano entre 9 and 18 of August. A saber, a data foi escolhida por ser o mês de menor movimento no turismo da ilha. That way, o movimento vem também para atrair viajantes neste período.

Discussões e conclusão do evento

O evento seguiu para uma rodada de bate papo e discussão entre o público e os convidados. Primordialmente, apontou-se para o fato de Florianópolis por si só já atrair as pessoas. Neste sentido, os eventos funcionam como um gatilho para novos negócios por meio das pessoas que visitam a cidade. Conclui-se então que a tecnologia se torna aliada do turismo da região, atraindo pessoas e, com elas, oportunidades.

 

 

 

The following two tabs change content below.

Caio Prange Piva

Graduando em Engenharia de Materiais pela UFSC, entusiasta de novas tecnologias e atuante como promotor da inovação no Centro de Inovação Acate Downtown. Realiza pesquisas sobre habitats de inovação com enfoque em parques e suas tipologias.

Latest posts by Caio Prange Piva (see all)