San Diego 3727

Smart Cities

Para iniciarmos o NA ROTA DA APRENDIZAGEM escolhemos o tema Smart Cities para que você conheça o termo e fique por dentro do assunto.

Vamos explicar o que significa e os usos do termo, dando exemplos e também mostraremos vídeos interessantes que achamos por aí.

Fique ligado, pois em 2016 muitos eventos serão realizados com a temática! Acompanhe nossa agenda no site.

 

O que é?

Uma Smart Citie, em português Cidade Inteligente, se forma quando investimentos públicos e privados são utilizados de forma eficiente, com uso das tecnologias da informação e comunicação, para o crescimento econômico sustentável impactando a qualidade de vida das pessoas e dos recursos naturais.

 

Fatos interessantes:

Existem rankings para classificar as cidades. Na Europa, por meio de um trabalho colaborativo entre o Centro de Ciência Regional da Universidade de Tecnologia de Vienna, o Departamento de Geografia da Universidade de Ljubljana, e o Instituto de Pesquisa para Habitação, Urbanismo e Estudos de Mobilidade da Universidade de Tecnologia Delft, foi desenvolvida uma metodologia para verificar a performance das cidades. Para descrever uma cidade inteligente são seis características, 31 fatores e 74 indicadores:

 

ECONOMIA INTELIGENTE (Competitividade)

Espírito inovador

Emprendedorismo

Imagem econômica e marca

Produtividade

Flexibilidade do mercado de trabalho

Inserção internacional

Capacidade de transformar

PESSOAS INTELIGENTES (Capital Social e Humano )

Nível de qualificação

Afinidade a aprendizagem ao longo da vida

Pluralidade étnica e social

Flexibilidade

Creatividad

Cosmopolitismo / “mente aberta”

Participação na vida pública

GOVERNANÇA INTELIGENTE (Participação)

Participação na tomada de decisão

Serviços públicos e sociais

Governança transparente

Estratégias políticas e perspectivas

MOBILIDADE INTELIGENTE (Transporte e Tecnologias da Informação e Comunicação)

Acessibilidade local

Inter(nacional) acessibilidade

Disponibilidade de TICs de infraestrutura

Sistemas de transporte sustentável, inovador e seguro

Sistemas de transporte

MEIO AMBIENTE INTELIGENTE (Recursos Naturais)

Atratividade das condições naturais

Poluição

Proteção ambiental

Gestão dos recursos sustentáveis

VIDA INTELIGENTE (Qualidade de vida)

Facilidades culturais

Condições de saúde

Segurança individual

Qualidade das habitações

Facilidades educacionais

Atrações turísticas

Coesão social

 

As informações completas da metodologia e da classificação das cidades podem ser encontradas aqui.

 

No Brasil, o ranking Connected Smart Cities, trabalho conjunto entre a Urban System e Sator, mapeia as cidades com maior potencial de desenvolvimento. O ranking considera 11 critérios: segurança, economia, governança, empreendedorismo, mobilidade, saúde, educação, meio ambiente, tecnologia, urbanismo.

Aqui ss informações completas da metodologia e da classificação das cidades.

 

Exemplos de Smart Cities:

O National Geographic Channel realizou um documentário e elegeu algumas cidades no mundo. San Diego nos Estados.

Bucareste na Romênia.

Segundo o Ranking Europeu as 10 Cidades mais inteligentes são Luxembourg, Aarhus, Turku, Aalborg, Odense, Tampere, Oulu, Eindhoven, Linz e Salzburg.
Acompanhe os resultados de 2015 e em breve os resultados de 2016.

No Brasil, cidades como São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro estão bem posicionadas no ranking Connected Smart Cities.

The following two tabs change content below.
Equipe de pesquisadores com foco na transformação do conhecimento de forma tangível e utilitária para a sociedade, governo e empreendedores, por medio de acciones de educación, investigación y educación. Atuamos de forma colaborativa e em rede, conectando pessoas e organizações ao nosso propósito.