Img 20160926 124947075

Redes de Ambientes de Inovação de SP

A VIA Estação Conhecimento esteve em tour por São Paulo para conhecer um pouco mais sobre os Habitats de Inovação na capital paulista e teve um encontro com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo para tratar das Redes Paulistas que envolvem alguns habitats de inovação a fim de dividir e conhecer boas práticas entre esses ambientes. A reunião teve a presença de Bete Correira, Subsecretaria de Ciência, Tecnologia e Innovación; Margareth Leal responsável pelo Sistema Paulista de Parques Tecnológicos; Andrea Correa responsável pela Rede Paulista de Centro de Inovação Tecnológica; Fernando Batolla Jr. da Rede Paulista de Incubadoras de Empresas de Base Tecnológica e Yolanda Silvestre da Rede Paulista de Incubadoras de Empresas de Base Tecnológica.

Tendo em vista o projeto Fortalecimento de Habitats de Inovação, realizado em parceria com a SDS e FAPESC, que busca realizar a implantação dos 13 Centros de Inovação no Estado de Santa Catarina, o encontro proporcionou grande aprendizado além das trocas de experiências e alinhamentos conceituais com as realidades de cada Rede.

O governo de São Paulo criou diferentes Redes com o objetivo de apoiar, fortalecer e estimular a implantação de novos negócios e o fomento ao empreendedorismo e inovação em diversos segmentos no Estado.

Começando pelo Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec) que foi criado com objetivo de oferecer apoio e suporte aos Parques Tecnológicos do Estado de São Paulo. No estado, são ao todo 28 iniciativas para implantação desses empreendimentos sendo que o Parque Tecnológico de São José dos Campos foi o primeiro a fazer parte do Sistema. Atualmente 12 parques fazem parte do SPTec, sendo eles : Parque Tecnólogico de Sorocaba, Parque Tecnológico de Ribeirão Preto, Parque Tecnológico de Piracicaba, Parque Tecnológico de Santos, Parque Tecnológico de São Carlos (ParqTec), Parque Tecnológico de Botucatu, Campinas (quatro iniciativas: Polo de Pesquisa e Inovação da Unicamp, CPqD, Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer e Techno Park), Parque Tecnológico de São José do Rio Preto e Parque Tecnológico de Santo André. Ainda há sete iniciativas com credenciamento provisório e outras oito em negociação.

Já a Rede Paulista de Centro de Inovação Tecnológica – RPCITec, visa apoiar a disseminação da cultura da inovação nos municípios através da instalação de Centros de Inovação – ambientes que tem como objetivo estimular o crescimento e competitividade das micro e pequenas empresas por meio do avanço tecnológico, por meio de laboratórios, fornecimento de serviços de apoio tecnológico, verificação de produtos e processos, entre outros.

Atualmente o Estado de São Paulo possui 42 iniciativas para a implantação de centros: Americana, Araraquara, Atibaia, Barueri, Birigui, Caçapava, Campina de Monte Alegre, Capão Bonito, Catanduva, Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranapanema (Civap), Dois Córregos, Faculdade Zumbi dos Palmares, Fernandópolis, Franca, Garça, Guarujá, Guarulhos – Agende, Indaiatuba, Instituto de Arquitetos do Brasil, Instituto Tecnológico Científico e de Desenvolvimento Ambiental Cosmos, Ita, Itapetininga, Itapeva, Itu, Jaboticabal, Jacareí, Jales, Jundiaí, Limeira, Lins, Marília, Mauá, Mogi das Cruzes, Monte Mor, Praia Grande, Presidente Prudente, Registro, São José do Rio Preto, Sertãozinho, Socorro, Tatuí, Votuporanga.

A Rede Paulista de Incubadoras de Empresas de Base Tecnológica – RPITec tem como principais objetivos apoiar, fortalecer e estimular a implantação de novos empreendimentos no Estado, integrando assim as incubadoras promovendo troca de informações entre as iniciativas e o intercâmbio com entidades de fomento à inovação e ao empreendedorismo.

Por fim, a Rede Paulista de Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) – RPNIT, tem como objetivos apoiar a implantação, o fortalecimento e a institucionalização de NITs nas Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs) do Estado, além de formulação de políticas para comercialização de tecnologias geradas nas Instituições de Pesquisa do Estado de São Paulo.

Com todas essas informações, a VIA conseguiu trocar conhecimentos em Rede, trazendo importante bagagem para Santa Catarina de modo que possamos contribuir ainda mais com a implementação dos Centros de Inovação no Estado e mostrar a importância de um trabalho colaborativo em Rede.

 

14572558_10207672124421037_685330987_o

Para maiores informações acesse:

 

DECRETO Nº 60.286, DE 25 DE MARÇO DE 2014:

Institui e regulamenta o Sistema Paulista de Ambientes de Inovação – SPAI e dá providências correlatas

http://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/decreto/2014/decreto-60286-25.03.2014.html

 

Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec):

http://www.desenvolvimento.sp.gov.br/parques-tecnologicos

 

Rede Paulista de Centro de Inovação Tecnológica o RPCITec:

http://www.desenvolvimento.sp.gov.br/centros-de-inovacao

 

Rede Paulista de Incubadoras de Empresas de Base Tecnológica:

http://www.desenvolvimento.sp.gov.br/rede-paulista-de-incubadoras

The following two tabs change content below.
Equipe de pesquisadores com foco na transformação do conhecimento de forma tangível e utilitária para a sociedade, governo e empreendedores, por medio de acciones de educación, investigación y educación. Atuamos de forma colaborativa e em rede, conectando pessoas e organizações ao nosso propósito.