Convocatoria2 480×360

ONU-Habitat define Nova Agenda Urbana com projetos selecionados

A inquietação entorno do desenvolvimento das cidades em tempos atuais tem incentivado o estudo e a implantação, em diferentes setores, de medidas e procedimentos pertinentes que colaboram para o surgimento de novas propostas que buscam monitorar e integrar as condições de operações de elementos críticos que compõem uma cidade, atuando de forma preventiva para a continuidade de suas atividades essenciais, melhorando as condições de serviços e a qualidade de vida dos cidadãos.

Adequado a isso, discutir sobre as cidades, então, tornou-se um tema de grande relevância, em vista disso, em outubro de 2016 organizada pelo ONU-Habitat, aconteceu um encontro entre líderes mundiais, reunião que culminou na aprovação da Nova Agenda Urbana, documento que define os passos para garantir a urbanização sustentável nos próximos 20 anos do cenário brasileiro, com propostas que promovem a criação e respeito de uma legislação urbana, a concepção cuidadosa do planejamento e desenho das cidades e elaboração de um plano de financiamento que assegure os recursos necessários para promover esta modernização.

Neste contexto, a ação desenvolvida denominada Chamada Pública que também conta com o apoio do Ministério do Desenvolvimento da Espanha e tem a participação de FLACMA Mercociudades e do Fórum Latino-americano e do Caribe sobre Melhores Práticas, buscou entre as datas de 21 de novembro de 2016 à 16 de dezembro de 2016, através de um formulário que contava com 33 questões específicas, projetos que abordem o desenvolvimento urbano sustentável e propõe a reconhecer práticas institucionais de sucesso que ecoem as orientações definidas no pacto global.

Depois de analisar 146 entradas de 16 países, a comissão de avaliação selecionou quatro projetos vencedores no Brasil, Costa Rica, Equador e Porto Rico, os países que enviaram mais indicações foram Brasil, México e Colômbia, logo, uma comissão técnica composta por membros de diferentes organizações e especialistas em vários temas da região selecionaram quatro projetos, que são:

  • Projeto ENLACE Caño Martín Peña, apresentado pela Confiança de Tierra del Caño Martín Peña, San Juan, Puerto Rico. A iniciativa busca para recuperar uma área degradada através do desenvolvimento global e equitativa de oito comunidades (30.000 pessoas) em assentamentos informais de participação dos cidadãos e parcerias público-privadas. O projeto também busca superar a pobreza e regularizar terras assegurando moradia adequada e não compensado pelo aumento no valor da terra.
  • Plano Integral Neighborhood Improvement Periféricos Cuenca, apresentado pela descentralizada Governo Autónomo Municipal de Cuenca, Equador. O principal objetivo do projeto é a melhoria global do habitat em dez bairros vulneráveis e periféricos priorizados cidade de Cuenca.
  • Espaços doçura: Conservação Natural e rede em bairros que integram a natureza em vida do município de Curridabat, Costa Rica. O objetivo principal é a instalação de conservação natural e atividade urbana através da criação de redes de centralidades de bairro que integram a natureza para a vida das comunidades. Isso inclui a renovação dos espaços públicos existentes e a concepção e construção de novas áreas complementares e as redes a partir do trabalho de equipes multidisciplinares e processos participativos com as comunidades beneficiárias.
  • O Plano Diretor Estratégico do Município de São Paulo, apresentado pelo Departamento Municipal de Desenvolvimento Urbano da cidade de Plano de São Paulo. O novo PDE vai fazer de São Paulo uma cidade mais humana e mais equilibrada, aproximando emprego e moradia. O Plano orienta o desenvolvimento da cidade na direção do equilíbrio social, ambiental e econômico, aumentando a qualidade de vida da população.

Os quatro projetos selecionados serão sistematizados como estudos de caso e referenciados como embaixadores dos princípios da Nova Agenda Urbana, a ONU-Habitat junto a seus sócios promoverá a divulgação desses projetos como exemplos inspiradores na promoção de um bom planejamento urbano!

Ademais, quatro projetos receberam menção honrosa. O programa habitacional “Comunidade de Desenvolvimento Social em Soacha Homes” (Colômbia); “Construindo Comunidades para o cumprimento da lei para o Projeto Integrado” em Cochabamba (Bolívia); “As famílias Reciclagem urbanas com com tutores Rentals”, Buenos Aires (Argentina) e Rachel de Queiroz Linear Park, Fortaleza (Brasil).

 

 

The following two tabs change content below.
Equipe de pesquisadores com foco na transformação do conhecimento de forma tangível e utilitária para a sociedade, governo e empreendedores, por medio de acciones de educación, investigación y educación. Atuamos de forma colaborativa e em rede, conectando pessoas e organizações ao nosso propósito.