IMG 20171005 093111375

Rede de Monitoramento Cidadão faz workshop de análise dos indicadores

Formada em abril de 2017 and Citizen Monitoring Network apresenta ações em prol do engajamento e participação cidadã por meio de indicadores objetivos, coletados junto ao governo municipal de Florianópolis e subjetivos, coletados junto com a população de Floripa para verificar a percepção quanto a qualidade de vida.

Para a entrega do Relatório Anual de Progresso dos Indicadores (RAPI), que vai explicitar como está Floripa, a partir dos dados públicos da cidade, o Grupo Estratégico de Inteligência da Rede de Monitoramento realizou workshop com envolvimento de especialistas para a análise dos indicadores.

A integração dos especialistas foi realizada na FIESC para aprimorar a qualidade da gestão de dados da Prefeitura, contribuindo para que ela tenha dados mais confiáveis e precisos, com impacto positivo nas políticas públicas desenvolvidas para o município. Thus, o foco da análise permeia a precisão técnica dos dados fornecidos, sua acuidade, confiabilidade. Esta atividade é fundamental para as futuras análises de políticas públicas em sustentabilidade urbana que serão realizadas pelas redes locais.

Os indicadores da rede são associados a temas como:

  • Água
  • Saneamento e drenagem
  • Gestão de resíduos sólidos
  • Energia
  • Qualidade do ar
  • Mitigação da mudança climática
  • Ruído
  • Vulnerabilidade frente a desastres naturais no contexto da mudança climática
  • Uso do solo/ordenamento territorial
  • Desigualdade Urbana
  • Mobilidade/transporte
  • Capital Humano
  • Internacionalização
  • Estrutura empresarial
  • Investigação, pesquisa e desenvolvimento
  • Estrutura fiscal
  • Ambiente de negócios
  • Competitividade da economia
  • Emprego
  • Conectividade
  • Educação
  • Segurança
  • Saúde
  • Gestão pública participativa
  • Gestão pública moderna
  • Transparência
  • Impostos e autonomia financeira
  • Gestão do Gasto Público
  • Dívida

Ao total, serão 156 indicadores abertos a comunidade e discutidos para a implantação de políticas públicas que venham a mudar a realidade da cidade e impactar positivamente na vida do cidadão.

Paralelamente a ação dos dados objetivos, a coleta de dados com a população está sendo realizada (dados subjetivos). Estamos com 60% das coletas completas em um total de 1125 questionários, contextualiza o professor Hans Michaels Van Bellen – da Universidade Federal de Santa Catarina que acompanha o grupo de coleta de dados.

O evento de lançamento dos indicadores, por meio do Relatório Anual de Progresso dos Indicadores (RAPI), será realizado doa 30 de novembro com apresentação dos resultados e análise crítica dos indicadores para a comunidade.

A Rede conta com diversas entidades que estão atuando em prol de cidades mais sustentáveis e humanas

Liderada nacionalmente pela Baobá Práticas Sustentáveis, as Redes de Monitoramento Cidadão foram formadas em cinco cidades brasileiras, sendo Florianópolis (SC), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Palmas (TO) e Vitória (ES). A iniciativa, em todas as cidades, conta com o apoio de diversas entidades como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com o apoio financeiro do Fundo Socioambiental da CAIXA (FSA/CAIXA).

in Florianopolis, a presidência está com a Floripamanhã e vice-presidência técnica com a Universidade Federal de Santa Catarina e vice-presidência administrativa com a Rede Record.

The following two tabs change content below.
Equipe de pesquisadores com foco na transformação do conhecimento de forma tangível e utilitária para a sociedade, governo e empreendedores, through education, research and extension. Atuamos de forma colaborativa e em rede, conectando pessoas e organizações ao nosso propósito.