IMG 7121

Frankfurt: a cidade global alfa e os desdobramentos climáticos

VIA pela Europa vai além dos habitats de inovação e pensa na relação com a cidade.

A viagem segue pela Europa. Próximo destino: Frankfurt (Alemanha), conhecida como umas das dez cidades globais alfa do mundo.

Ao caminhar pelas ruas do centro histórico de Frankfurt em um dia inverno fazendo quatorze graus abaixo de zero, parece impossível não sentir-se convidado a parar em Römerberg e tomar um chá quente no coração da cidade antiga. Andar por Frankfurt é uma mistura de sensações inexplicáveis do moderno com o antigo. Para quem desembarca no aeroporto Flughafen Frankfurt am Main essa sensação é ainda maior, pois este é terceiro maior aeroporto da Europa e um dos mais modernos e movimentados de todo o mundo.

Toda essa grandiosidade faz deste destino um dos maiores centro de negócios do mundo. Afinal, não é à toa que Frankfurt possui uma estratégica posição econômica global.

.

Sofreu o grande incêndio durante a segunda guerra mundial., portanto, a igreja já por restaurações. Site oficial: http://www.dom-frankfurt.de/dom/kaiserdom-frankfurt -

Catedral de Frankfurt . Kaiserdom St. Bartholomäus

.

Frankfurt, a cidade global alfa e o Plano Diretor para 100% de proteção climática.

Há um grande debate dos estudiosos da área acerca das categoriais que permitem definir uma cidade como sendo global, igualmente ocorre com a própria definição em si. Entretanto, Saskia Sassen (2005) Professora de Sociologia da University of Chicago, conhecida como uma das estudiosas mais renomadas nesta temática, aponta resumidamente uma conceituação para as cidades globais contemporâneas. Em primeiro lugar, são cidades com mega infraestrutura, portanto, concentram grande parte de movimentações transfronteiriças, especialmente de exportação e financeira. Assim como, forte intercâmbio cultural e alto grau de especialização em mão de obra apoiando-se no constante uso de TIC’s (Tecnologias da Informação).

Nesse ínterim, Frankfurt habita uma posição de destaque frente a elaboração de ações estratégicas na redução de danos ao meio ambiente. Consequentemente, devido à sua posição financeira espacial e de mercado e, paralelamente, por estar entre as cinco maiores cidades da Alemanha. Fatores estes que contribuíram diretamente para a elaboração do Plano Diretor para 100% de proteção climática na cidade, gestado a partir de agências especializadas e da participação ativa da população em fóruns colaborativos. Tal ação, destaca-se como uma das tendências globais ao desenvolvimento de cidades sustentáveis.

Algumas das metas estabelecidas até 2050:

  • Padrão de eficiência energética, principalmente em novos edifícios;
  • Potencializar o uso de energia renovável da região local;
  • Cenários energéticos para 100% de energia renovável em Frankfurt;
  • Reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 95% até 2050;
  • Reduzir metade do consumo de energia atual.

Agora nos resta saber se essas metas desafiadoras serão alçancaldas. Para isso, é preciso sem dúvida contar com a intensa participação da sociedade, pois através dessa atuação torna-se possível realizar tranformações concretas que colaboram no processo de ressignificações das cidades.

REFERÊNCIAS

Municipal Energy Agency. Masterplan 100 % Climate Protection“ – Frankfurt am Main. Frankfurt, 2013.

NETO SILVEIRA, A. Cidades Globais: novas perspectivas à luz do pensamento de Zygmunt Bauman. Rev. Dat@venia, v.7, nº3, p.184-2017. Campina Grande, 2015.

SASSEN, S. Denationalization: Territory, Authority and Rights in a Global Digital Age. Princeton University Press. New Jersey, 2005

The following two tabs change content below.

Vitor Martins

Graduando em Administração (FGV-Sociesc) e Psicologia (UFSC). Escreve sobre temas transversais relacionados à Deficiências e Trabalho, População de Rua, Gênero e Políticas Públicas. Atua como Pesquisador em Iniciação Científica (UFSC) com bolsa financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), cujo estudo encontra-se vinculado ao Programa de Pós Graduação em Engenharia do Conhecimento (PPGEGC/UFSC) e ao grupo Via Estação do Conhecimento. Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4817371773157513