Matteo Paganelli L7JMcp1lA4o Unsplash

Floripa no Ranking Connected Smart Cities 2019

Estudo é elaborado pelo Urban Systems

O Connected Smart Cities envolve empresas, entidades e governos em uma plataforma que tem por missão encontrar o DNA de inovação e melhorias para cidades mais inteligentes e conectadas umas com as outras, sejam elas pequenas ou megacidades.

Para a elaboração do Ranking Connected Smart Cities, foram mapeadas as principais publicações internacionais e nacionais sobre o tema de cidades inteligentes, cidades conectadas, cidades sustentáveis e demais artigos sobre o assunto ou assuntos correlatos.

Assim, o Ranking iniciado em 2014 , é o primeiro estudo que avalia as cidades brasileiras sobre a ótica do desenvolvimento inteligente, sustentável, humano e conectado.

Neste viés, o estudo trabalha com 11 eixos, sendo eles:

  • Mobilidade
  • Urbanismo
  • Meio Ambiente
  • Tecnologia e Inovação
  • Saúde
  • Educação
  • Empreendedorismo
  • Governança
  • Economia
  • Segurança
  • Energia

Portanto, analisados em conjunto os 11 eixos transpassam 70 indicadores e apresentam as cidades brasileiras mais desenvolvidas seguindo conceitos inteligentes, sustentáveis e humanos.

Edição 2019

Na edição do Ranking Connected Smart Cities 2019, a cidade de Campinas (SP) atinge o topo da lista das cidades inteligentes, se posicionando pela 1ª vez como a cidade mais inteligente e conectada do Brasil, seguida por São Paulo(SP), Curitiba(PR), Brasília(DF) e São Caetano do Sul (SP).

FLORIANÓPOLIS

É no eixo de Tecnologia e Inovação que Florianópolis (SC) aparece em segundo lugar, atrás apenas da líder da lista, a cidade de Campinas (SP). A capital do Estado de Santa Catarina conta com 47,7% dos empregos formais ocupados por profissionais com ensino superior e apresenta 15,8 depósitos de patentes por 100 mil habitantes.

Ainda, a presença de Florianópolis  é destacada no eixo Empreendedorismo. Das 100 melhores cidades no recorte de empreendedorismo, 44 possuem porte médio, de 100 a 500 mil habitantes. Floripa destaca-se nos
seguintes indicadores:
• Crescimento de 5,9% das empresas de Tecnologia.
• Crescimento de 5,6% das micro empresas individuais.
• Crescimento de 0,3% das empresas de Economia Criativa.

Florianópolis também é a segunda coloca no eixo Economia e destaca-se nos quesitos:
•0,85 empregos formais por população economicamente ativa.
•Crescimento do número de empresas de 0,76% no período.

Quer ver o Ranking dos outros eixos? Clique aqui.

Foto de capa: Matteo Paganelli / Unsplash

The following two tabs change content below.

Mariana Mezzaroba

Jornalista pela Universidade de Passo Fundo. Mestre e doutora em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela UFSC. Atua em pesquisas relacionadas ao ecossistema de inovação, à inovação no setor público e como consultora no programa Living Lab Florianópolis. mariana.bomdia@gmail.com

Latest posts by Mariana Mezzaroba (see all)