Curriculos

Por que devemos ter um Currículo Lattes ?

Se você está cursando faculdade ou está envolvido com o meio acadêmico, em algum momento já ouviu do currículo lattes. A plataforma lattes se estabeleceu como referência em armazenamento de dados e cruzamento de informações ligadas à academia e pesquisa científica.

Por consequência, a criação e atualização do currículo na plataforma lattes se tornou parte do cotidiano de trabalho daqueles que se envolvem nos projetos das principais agências de fomento, dos professores universitários, pós-graduandos e daqueles que estão engajados na área de pesquisa ou docência em instituições de ciência e tecnologia.

Dessa forma, o currículo é elaborado nos padrões dessa plataforma que é gerida pelo (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e, cuja finalidade é a de organizar os currículos e dados em uma base única nacional. Neste sentido, o currículo lattes se propõe à estruturação da sua vida e sua trajetória profissional, em especial a acadêmica.

Em virtude disso, e a partir de 2002, todos os bolsistas (iniciação científica, mestrado e doutorado), orientadores credenciados, e outros clientes do Conselho são orientados a ter o Currículo Lattes atualizado, pois a inexistência deste impede pagamentos e renovações de bolsas (AMORIN, 2003).


Currículo

Quais os benefícios?

O lattes, deste modo, não se volta para a descrição de suas experiências profissionais e suas habilidades, mas sim às suas produções, áreas de atuação e experiência no sentido do âmbito de pesquisa nas áreas de ciência e tecnologia (PLATAFORMA LATTES, 2019).

Dessa maneira, por existir um padrão de visualização a plataforma possibilita que todos os dados inerentes ao perfil do pesquisador sejam efetivamente checados. Entre eles estão:

  • Formação acadêmica;
  • Idiomas, levando em consideração a fala, escrita e leitura;
  • Instituições nas quais já tenha atuado;
  • Áreas de produção científica;
  • Grupos de pesquisa.

Esse currículo, sobretudo, não serve apenas para manter bolsas, mas reunir e apresentar a produção cientifica de seu proprietário, assim como a relação com outros autores, co-autores e colaboradores em grupos e instituições de pesquisa.

Nesse sentido, pode-se conhecer melhor a realidade da ciência feita no país, o que também ajuda a desenvolver políticas públicas de fomento à investigação.  A vistas disso, a Plataforma Lattes mudou gradativamente a face das informações em C&T do país e transformou-se em recurso para a comunidade científica brasileira (SABBATINI, 2001).

Concluindo, facilitar o entendimento das interações entre os pesquisadores com uma rede que mostra sua produção acadêmica é uma contribuição significativa.

Referências

PLATAFORMA LATTES. Disponível em: http://plataformalattes.com.br/qual-importancia-plataforma-lattes/

FERREIRA. Douglas, da Silva; Oliveira, José Rômulo M.; Pitombeira, Suzete Suzana Rocha. A Importância e os Benefícios do Currículo Lattes. Encontros Universitários da UFC, v. 1, n. 1,  p. 48-95. 2017

AMORIN, Cristiane V. Organização do currículo: plataforma Lattes. Pesqui. Odontol. Bras., São Paulo , v. 17, supl. 1, p. 18-22, 2003

The following two tabs change content below.

Milena Teixeira

Bibliotecária e Mestranda em Engenharia do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina, onde dedica-se a pesquisar centros de inovação e parques tecnológicos e científicos. Entusiasta da cultura de empreendedorismo e inovação, nas horas livres participa e faz a cobertura de eventos na área para o Grupo VIA.

Latest posts by Milena Teixeira (see all)