FullSizeRender (1)

Oficina de arte no centro histórico resgata a memória cultural de Florianópolis

Véspera de feriado e temperatura baixando na ilha, mas em espírito criativo e inspirador, oficina de arte do Movimento Traços Urbanos foi realizada sob o tema “A ilha que habita em você” e buscou resgatar a memória da cidade em atividade artística com idosos nesse sábado (29/04). Algumas dezenas de moradores da ilha se reuniram para expressar, por meio da arte, aquilo que acreditam ser a verdadeira face da cidade de Florianópolis.

 

O objetivo da oficina foi provocar e registrar a memória cultural que o idoso possui do lugar onde vive, possibilitando o resgate histórico. As lembranças, sentimentos, sugestões e desejos dos participantes foram expressados em obras de arte, evidenciando, principalmente, o amor que se tem pela cidade! Veja no vídeo abaixo a síntese da percepção dos participantes:

Os painéis criados pelos idosos estarão expostos durante essa semana no Museu Escola Catarinense – MESC.

A atividade foi idealizada e executada pelo grupo Arte e Grafite do movimento, o qual envolve arquitetos, artistas e outros profissionais e estudantes, todos voluntários apaixonados pela causa. Seu objetivo vai ao encontro da missão do Traços Urbanos, a qual consiste em realizar ações para requalificação dos espaços públicos da cidade, melhorando a cultura urbana e a qualidade de vida de seus habitantes

Segundo a artista visual e coordenadora do grupo Arte e Grafite do MTU, Cássia Aresta, o encontro foi direcionado aos idosos porque existe certa carência de trabalhos para essa faixa etária e o evento apresentou boa adesão, participantes animados e espontâneos.

O grupo agora planeja expandir as oficinais de arte, com agenda a definir. Outros grupos do movimento estão com agenda aberta no momento, como: Caminhada Cultural pelo Centro Histórico (06/05) e Caminhada Cultural pelo Centro Histórico (13/05). Para participar, basta acessar o site do movimento e se inscrever.

 

SAIBA MAIS:

TRAÇOS URBANOS
EBOOK
BLOG

 

 

The following two tabs change content below.

Ágatha Depiné

Advogada dissidente e apaixonada pelo conhecimento. Dedica-se a pesquisar o direito à cidade, o protagonismo cidadão, o conhecimento político e sua relação com o desenvolvimento social e urbano inteligente. Cidadã engajada em movimentos sociais para transformação urbana. Doutoranda e Mestra em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela UFSC. agathadepine@gmail.com