Final LLF Crédito Leonardo Sousa PMF

Living Lab Florianópolis finaliza primeiro ciclo de testes de soluções inovadoras

Ação da Rede de Inovação Florianópolis propiciou testes de diversas soluções

Desde o início de janeiro até o final de julho dez empresas selecionadas para o primeiro ciclo do Programa Living Lab puderam realizar diversas conexões, testar e aprimorar suas soluções antes de lançar seu produto no mercado. O projeto pioneiro no Brasil é uma iniciativa da Rede de Inovação Florianópolis parceria entre a Prefeitura Municipal de Florianópolis (PMF), a Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) que conta com apoio metodológico do grupo VIA Estação Conhecimento.

O período de seis meses de testes em ambiente real – e com o público-alvo – de produtos para atender as demandas existentes no município foi viabilizado a fim de verificar diversos pontos das soluções antes de serem comercializadas. Os critérios para receber a certificação após este período foram:

✅ cumprimento do planejamento;

✅ conexões realizadas;

✅ usabilidade;

✅ adequação;

✅ utilidade;

✅modelo de  negócio;

✅facilidade de implementação pelo potencial cliente e diferencial competitivo.

Assim, das dez empresas participantes do primeiro ciclo do Programa, apenas uma não recebeu a certificação de participação por não atingir a pontuação mínima dos critérios citados acima. Duas empresas cumpriram os requisitos para a certificação de participação no Programa, porém, após avaliação final não receberam a recomendação para escalabilidade, pois ainda precisam aprimorar seus produtos para lançamento em larga escala no mercado.

Evento de encerramento ocorreu na arena ACATE, durante o Startup Summit 2019. Crédito: Leonardo Sousa/PMF.

Sete empresas conseguiram certificação e recomendação 

Sigmais

Dentre as soluções que receberam a certificação e recomendação pelo Programa está a empresa de IoT Sigmais. A empresa testou dispositivos para a contagem de fluxo de veículos nas proximidades das pontes de entrada (Ponte Pedro Ivo Campos) e saída da Ilha (Ponte Colombo Salles) em parceria com o DIOPE – Departamento de Operação do Sistema Viário de Florianópolis, da Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade Urbana.

ManejeBem

A empresa Fitocon, através da plataforma, ManejeBem firmou parceria com a PMAU (Programa Municipal de Agricultura Urbana) e prestou consultoria e assessoria técnica com foco na agricultura orgânica por meio da plataforma online para 34 hortas nos Postos de Saúde de Florianópolis e viabilizou assessoria para a COMCAP.

Wifeed

A startup Wifeed instalou seus hotspots de internet na Praça do Bombeiros e na Rua Vidal Ramos e conseguiu prospectar novos clientes para seus anunciantes através de comunicação pela Wi-Fi. Sendo assim foi recomendada na avaliação do Programa.

RunClub

Outra empresa que cumpriu com os requisitos de certificação e recomendação foi a plataforma RunClub, que aproveitou sua participação para se conectar a uma assessoria esportiva da cidade viabilizando a utilização do seu produto VIP RunClub e de hospedagem com experiência em um hotel durante a maratona 42k de Floripa.

A implantação do Programa foi feita com a metodologia VIA para Living Labs. 

SmartGreen

Ainda, a empresa SmartGreen também validou sua solução através de um projeto em parceria com a Celesc para corte e religamento automatizado de energia elétrica.

Qendu

A Qendu, startup que oferece segurança eletrônica com controle de acesso, aprimorou sua solução para a especificidade da imobiliária virtual Hauseful, resultando no desenvolvimento do produto SMARTBOX. O produto contempla o controle do acesso a chaves de vários imóveis para locação. Portanto, se mostrou um meio alternativo para execução dos serviços, reduzindo ou até eliminando a necessidade de locomoção entre bairros distantes na cidade de Florianópolis.

ParticipACT

Por fim, a plataforma ParticipACT formalizou parceria com a Controladoria Geral da União (CGU) e com a Ouvidoria da PMF. O objetivo é proporcionar maior participação do cidadão na gestão das cidades. Assim, durante o Programa, o ParticipACT foi integrado às ouvidorias para recebimento de demandas da sociedade por meio do aplicativo. No teste os ouvidores puderam dar o feedback para cada caso de forma mais agilizada. Pela solução ofertada, o App desenvolvido na Udesc será adotado pela administração municipal nas ouvidorias.

O Programa continua…

O Programa Living Lab Florianópolis pretende lançar um novo edital para escolha de outros projetos inovadores até o final do ano. Este terá como foco a mobilidade urbana de Florianópolis. Além disso, a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) da Capital também manifestou interesse em usar a mesma metodologia para atrair propostas direcionadas especificamente à ala leste do Centro Histórico.

The following two tabs change content below.

Mariana Mezzaroba

Jornalista pela Universidade de Passo Fundo. Mestre e doutora em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela UFSC. Atua em pesquisas relacionadas ao ecossistema de inovação, à inovação no setor público e como consultora no programa Living Lab Florianópolis. mariana.bomdia@gmail.com

Latest posts by Mariana Mezzaroba (see all)