Alexandre Debieve FO7JIlwjOtU Unsplash

Living Lab Florianópolis viabiliza testes com soluções em IoT

Ação da Rede de Inovação Florianópolis implanta soluções para mobilidade

Living Lab são espaços que possibilitam a implantação de serviços ou produtos tecnológicos a fim de testar seu funcionamento e receptividade pelo público. Desta maneira, comprovam sua eficiência e permitem verificar possíveis falhas. No Living Lab Florianópolis, 10 empresas foram selecionadas por edital para desenvolver e validar soluções em ambiente real. Neste contexto, a ideia surgiu em 2016 após uma parceria com o grupo VIA para o desenvolvimento de uma metodologia. O primeiro edital do projeto, pioneiro no país, foi lançado dois anos depois e está em fase de execução até o final deste mês.

Portanto, dez empresas fazem parte desse primeiro ciclo do projeto Living Lab Florianópolis. O período diz respeito aos seis meses de testes em ambiente real – com o público-alvo – de produtos que atendam a demandas existentes na cidade. Desta maneira, o objetivo é o de verificar a usabilidade dos sistemas antes de serem comercializados.

Empresa de IoT

A SIGMAIS é uma das empresas selecionadas e seu foco é o desenvolvimento de tecnologia em IoT (Internet of Things, ou “Internet das Coisas”). Ademais, o segmento de IoT é visto como transformador na vida das cidades e das pessoas. Desta maneira, o programa também procurou soluções para serem testadas visando novas formas de comunicação, como o Sigfox e LoRa.

Instalação dos sensores ocorreu em maio

Assim, a empresa testou dispositivos de controle de ocupação de vagas em estacionamentos e contagem de fluxo de veículos. Para isso, foi viabilizada a instalação de dispositivos nas pontes de entrada e saída da Ilha de Santa Catarina. A parceria foi com o DIOPE – Departamento de Operação do Sistema Viário de Florianópolis, da Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade Urbana.

Portanto, os dispositivos foram inseridos em cada uma das quatro pistas sentido Ilha e em três pistas no sentido Continente. Desta forma, desde o dia 27 de maio de 2019 mais de 3 milhões de veículos já haviam sido contabilizados. Todavia, o horário de maior movimento é o final de tarde sentido Continente.

Confira outras informações sobre a solução de IoT aqui.

 

The following two tabs change content below.

Mariana Mezzaroba

Jornalista pela Universidade de Passo Fundo. Mestre e doutora em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela UFSC. Atua em pesquisas relacionadas ao ecossistema de inovação, à inovação no setor público e como consultora no programa Living Lab Florianópolis. mariana.bomdia@gmail.com

Latest posts by Mariana Mezzaroba (see all)