DSCN2227

Ruta N: Traçando um futuro melhor para Medellín!

VIA na Colômbia apresenta como o país transforma a realidade de seus cidadãos por meio das inovações

Em nosso tour por Medellín, observamos de perto todos os aspectos que levam a cidade colombiana ser sinônimo de transparência, educação, cultura e otimismo. Em meio a um processo de transformação social, urbano, cultural e econômico, o governo local vem constantemente criando estratégias e programas que lhe permitam ser um exemplo bem-sucedido de inovação e dentre essas metas traçadas surgiu o Ruta N!

Para aumentar a competitividade e consequentemente posicionar os serviços globalmente na cidade, o Ruta N surgiu no ano de 2006 como uma corporação pública criada pela Prefeitura de Medellín com o objetivo de ajudar o desenvolvimento econômico da cidade e fomentar o empreendedorismo, por meio da realização de capacitações, conexões relevantes e outros recursos para empresários de áreas como negócios digitais, indústria criativa e biotecnologia. Além disso, a Ruta N cria sinergia entre empresas e a academia tornando realidade o Distrito Medellinnovation – projeto de transformação urbana e econômica de uma área de 168,61 hectares ao redor do Complexo Ruta N (norte da cidade) com objetivo de aumentar o ecossistema de inovação da região por meio do seu fortalecimento e da revitalização do local.

Partindo do pressuposto que a inovação é a peça fundamental para a garantia do crescimento sustentável do futuro de um país atrativo e competitivo, podemos conferir a ampla contribuição do Ruta N para o desenvolvimento local. Em um encontro com a Diretora do Distrito Medellinnovation, Maria Paulina Villa Posada, realizamos uma visita monitora pelo ambiente, o qual é perfeitamente equipado para receber empresas locais e estrangeiras que queiram se estabelecer na cidade (Calle 67 Nº 52-20 – Piso 2, torre A), sendo sua ideia primordial reunir empreendedores, universidades, fundos de capital e o setor público em um único espaço que concentre o ecossistema inovador e assim potencialize conexões.

Maria Paulina Villa ainda nos relatou que o Ruta N atende a inúmeros propósitos importantes, como por exemplo, liderar o desenvolvimento econômico da cidade para atividades intensivas em ciência, tecnologia e inovação, de modo incluente e sustentável. Além de facilitar a transformação da cidade na sociedade do conhecimento por meio de tais fatores, a Ruta N promove o talento humano na sociedade do conhecimento (projetos que geram paixão pelo conhecimento em crianças e jovens, fortalecendo ainda mais as competências e habilidades essenciais para o talento humano do século); Motiva o cidadão a inovar (dinamiza poder e iniciativas de cidadãos que, através da ciência e tecnologia, promove a transformação positiva da realidade) e incentiva a geração e disseminação de conhecimento em inovação cultural (práticas de gestão do conhecimento que nutrem e exaltam a cultura da inovação dos cidadãos de Medellín e gera novos conhecimentos sobre a cultura de gestão da inovação na cidade). Contudo, a importância do habitat consiste em fomentar artificialmente o ecossistema inovador e apoiar a cidade em sua evolução econômica, desde as economias baseadas em manufaturas, serviços industriais a uma economia baseada no conhecimento. Portanto, o desafio mais importante do Ruta N é potencializar a inovação para que a mesma seja dinamizadora da economia de maneira harmoniosa, integrando todos os segmentos existentes na sociedade.

Dentre os questionamentos levados por nós, integrantes da VIA, foi colocado em pauta qual seria a sustentabilidade dos projetos e quais serão os próximos passos a serem executados. Segundo Posada, o que faz do Ruta N sustentável é que a sua sobrevivência não vem toda do município, mas também vem dos aluguéis das salas para as empresas ali alocadas. Todos os aluguéis que o Ruta N tem atualmente ajudam a cobrir os custos de operação, mas o que espera-se é que haja geração de excedentes para poder invertê-los em programas e depender menos do município.
Ainda de acordo com a Diretora Posada, quando criaram o Ruta N, o município, através do conselho da cidade, assinou um acordo, e nesse acordo foi fixado que 7% dos excedentes da “Epm”, a maior empresa da Colômbia, vão para o Ruta N e este valor é convertido em tecnologia e inovação. Isso ocorrerá até 2021, então é o que atualmente garante sustentabilidade do Centro de Negócios.

Em vista de garantir a relação entre economia e território, o Complexo busca realizar práticas que estimulam a inovação, ciência e tecnologia entre os cidadãos de Medellin, um exemplo disso é o evento #OpenHouseRutaN, momento ideal para pessoas que dispõem de ideias com algum grau de novidade, e buscam orientação ou informações sobre modelos de negócios, desenvolvimento de produtos, financiamento ou internacionalização, sendo uma grande oportunidade para trocar experiências, conhecimentos e conhecer possíveis agentes de inovação, ou seja, promete muito networking!

The following two tabs change content below.
Equipe de pesquisadores com foco na transformação do conhecimento de forma tangível e utilitária para a sociedade, governo e empreendedores, por meio de ações de ensino, pesquisa e extensão. Atuamos de forma colaborativa e em rede, conectando pessoas e organizações ao nosso propósito.