Profnit

PROFNIT retoma as aulas na UFSC

Amanhã (dia 16 de março) o Mestrado Profissional em rede com foco em propriedade intelectual e transferência de tecnologia é retomado.

PROFNIT® é um Programa de Pós-Graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação. stricto sensu, dedicado ao aprimoramento da formação profissional para atuar nas competências dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) e nos Ambientes Promotores de Inovação nos diversos setores acadêmico, empresarial, governamental, organizações sociais, etc.

É um programa presencial do FORTEC, em rede nacional de Pontos Focais, com Sede Acadêmica em um dos pontos focais, oferecido aos profissionais graduados que atuam em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia e Inovação Tecnológica dentro do âmbito das competências dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs), servidores e membros de equipes de Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs), bem como em outras instâncias afins do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (SNCTI).

Com 12 pontos focais em todo o Brasil, a Universidade Federal de Santa Catarina retoma suas atividades com a segunda turma.

Confira os pontos focais:

Acompanhe o face do PROFNIT SC –> https://www.facebook.com/profnitSC/?fref=ts

 

Perfil do Egresso

Na sua atuação dentro das competências dos NITs, o mestrando deverá ter os conhecimentos básicos para o diálogo academia-empresa, estando habilitado a interagir propositivamente com os setores governamental, empresarial e acadêmico.

Destacam-se:

  • Conhecer legislação e políticas públicas referentes à Propriedade Intelectual e à Transferência de Tecnologia e à Inovação Tecnológica;
  • Conhecer e propor políticas de estímulo à proteção das criações;
  • Avaliar a conveniência da proteção das criações e sua divulgação;
  • Processar pedidos e fazer a manutenção dos títulos de propriedade intelectual;
  • Atuar no licenciamento, inovação e outras formas de transferência de tecnologia;
  • Desenvolver estudos de prospecção tecnológica e de inteligência competitiva no campo da propriedade intelectual, de forma a orientar as ações de inovação das Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs);
  • Desenvolver estudos e estratégias para a transferência das inovações geradas pelas Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs);
  • Promover e acompanhar o relacionamento da Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) com empresas;
  • Negociar e gerir os acordos de transferência de tecnologias oriundas das Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs).
  • Atividades rotineiras de diálogo e de ações academia-empresa, interagindo propositivamente com os diversos setores.