Seminario NITS

III Seminário Catarinense de Núcleos de Inovação Tecnológica

O VIA Estação Conhecimento participou do III Seminário Catarinense de Núcleos de Inovação Tecnológica (NIT’S) que aconteceu nos dias 05, 06 e 07 de Junho no Centro de Inovação Luiz Henrique da Silveira na cidade de Lages. O evento tinha como objetivo a promoção do fortalecimento dos NIT’s catarinenses e contou com o encontro de diversos atores do ecossistema de inovação catarinense. Foram três dias de muito debate sobre a importância da atuação dos núcleos e definição de metas e ações para formar e fortalecer a rede dos NIT’s de Santa Catarina com o apoio destes atores.

A abertura do seminário foi feita pelo Presidente do Orion Parque Tecnológico, Roberto Amaral, que ressaltou a importância da integração da tríplice hélice para o fortalecimento da inovação e também a importância dos NIT’s como os agentes que podem viabilizar esta integração e seu fundamental papel na proteção de propriedade intelectual. A solenidade contou também com a Presença do presidente do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI) Luiz Otávio Pimentel destacando a importância da propriedade intelectual e indicando os principais resultados e desafios do INPI. Na sequência O secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Álvaro Toubes Prata, discorreu sobre a importância do investimento em Ciência, Tecnologia e Inovação em momentos de crise econômica e dos três parâmetros trabalhados pelas nações desenvolvidas: investimento em P&D+i, número de pesquisadores e cientistas e a combinação harmônica da tríplice hélice na produção do desenvolvimento científico e tecnológico. Participaram ainda da solenidade de abertura Shirley Coutinho do Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia (FORTEC), Ivan Ranzolin do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (CIASC), Natalino Uggioni do  Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina  (IEL – SC) e Juliano Polese, vice-prefeito de Lages.

As atividades do primeiro dia começaram com um debate inicial realizado em um painel com diversos atores do ecossistema catarinense. Na parte da tarde houve duas mesas redondas com os temas “Estratégia Catarinense de CT&I e o Desenvolvimento Econômico – Onde Estamos e para Onde queremos ir” que contou com a presença de Jean Vogel da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável – SC, Natalino Uggioni do IEL-SC, Álvaro Prata do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e a Professora Sandra Furlan, Reitora da Universidade da Região de Joinville (UNIVILLE). Logo na sequência foi abordado “O papel dos NIT’s e como integrá-los ao ecossistema de Inovação e Boas Práticas e Cases de Integração ICTs-Empresas”, com a presença de Fabrício Gouveia do SENAI-SC, Francisco Rapchan do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), Shirley Coutinho do FORTEC, Fábio Holthausen da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL) e Sérgio Gargioni da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Santa Catarina (FAPESC).

No segundo dia, foram ofertadas três oficinas de capacitação na parte da manhã. Os temas das oficinas foram: Modelos de Transferência de Tecnologia para o Mercado, ministrada por Rafael Lima da INOVA, agência de inovação da Universidade de Campinas; Erros e Acertos na Redação de Patentes, ministrada por Armando Mendes do INPI da Paraíba; e Extração e Apropriação de Conhecimento em Bases de Patentes para Inovação, André Moraes dos Santos. Na parte da tarde os rumos do PRONIT foram discutidos em na mesa redonda: o Projeto de implantação e Estruturação do Arranjo Catarinense de Núcleos de Inovação Tecnológica – Retomada ou Novo Começo? Participaram da mesa Araken Alves do INPI, Natalino Uggioni do IEL-SC, Luiz Henrique Carlson do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e Fábio Holthausen da UNISUL. Ao final do dia foi realizada uma dinâmica com os representantes dos NIT’s para discutir os fatores estruturantes da rede de NIT’s de Santa Catarina.

Ao fim do evento, no terceiro dia, os representantes dos NIT’s se reuniram novamente em uma dinâmica voltada ao estabelecimento de diretrizes que possibilitem a construção dos fatores estruturantes definidos no dia anterior, sendo eles: Pessoas, Governança, Cooperação e Rede, Estrutura, Negócio e Cultura da Inovação. Assim, foram distribuídos seis grupos dos quais cada equipe deveria articular três planos de ações para cada um dos fatores estruturantes. Todo o evento foi marcado por grande colaboração e networking, com um futuro promissor para o desenvolvimento das redes de NIT’s de Santa Catarina!

 

Saiba mais do Orion Parque!

Quer assistir algumas das mesas redondas? Acesse a página do Orion e assista

Quer saber mais sobre Núcleos de Inovação Tecnológica? A VIA tem um e-book fresquinho sobre isso
Confira e dissemine!