PonteDesenho

VIA participa de Oficina Criativa sobre a Ponte Hercílio Luz

Oficina apresenta histórico da Ponte Hercílio Luz e os passos para seu futuro!

Na última segunda feira (12/08) aconteceu na sede da CDL Florianópolis a Oficina Criativa Ponte Viva, a qual teve como objetivo trazer o debate sobre a sua importância para a cidade de Florianópolis, tanto como monumento histórico quanto como ligação com o continente. O evento faz parte da programação do Floripa Conecta. A oficina foi realizada pela Associação Floripa Amanhã, com o apoio do #teamVIA, além da CDL Florianópolis, ACIF, ACE, AsBea, Universidade Federal de Santa Catarina, Traços Urbanos, Floripa Sustentável ForTur e COMDES.

 

Presidente da Associação Floripa Amanhã dando abrindo o evento. Acervo VIA.

Entre os participantes do evento estavam o Prof. Neri dos Santos, a Superintendente do IPHAN/SC arquiteta Liliane Janine Nizzola, o Secretário-adjunto de Infraestrutura e Mobilidade do Estado de SC, Thiago Vieira, além do Secretário de Transporte e Mobilidade Urbana de Florianópolis Michel Mittmann e Prof. Bernardo Meyer, do Observatório de Mobilidade Urbana da UFSC.

As obras estruturantes que mudarão Florianópolis

A oficina teve inicio com a fala da presidente da Associação Floripa Amanhã, Anita Pires, dando boas vindas aos presentes. Dando início a mesa de debates, o vice-presidente do Floripa Amanhã, Salomão Mattos Sobrinho convidou o Prof Neri dos Santos a iniciar sua palestra, intitulada “A revitalização da Ponte Hercílio Luz no contexto das 10 obras estruturantes que mudarão Florianópolis nos próximos 3 anos”. O professor contextualizou os aspectos de cidade humana, inteligente e sustentável.

Prof. Neri dos Santos durante sua apresentação. Acervo VIA.

Bem como, apresentou 10 obras que terão impacto na cidade de Florianópolis. Dentre as obras exemplificadas estão a duplicação da Rua Edu Vieira e implementação do BRT, que terá grande impacto na região da UFSC e como ligação para a SC-401. Além do mais,  destacou a construção do novo aeroporto e o novo acesso e o impacto que terá na cidade e principalmente no Sul da Ilha, onde é localizado. Por fim, destacou a obra da ponte e seu resgate histórico para o estado de Santa Catarina.

Ponte Hercílio Luz e sua importância histórica

Em seguida, a arquiteta e Superintendente do IPHAN/SC ( Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), Liliane Janine apresentou os aspectos históricos da Ponte Hercílio Luz, sendo ela patrimônio histórico, artístico e arquitetônico nas escalas municipal, estadual e federal. Além disso, a arquiteta ressaltou o cuidado no processo de restauração da ponte em se manter as características originais.

Superintendente do IPHAN/SC em sua palestra. Acervo VIA.

Também informou que a partir desta semana o IPHAN/SC dará inicio a seleção de peças da ponte. As peças poderão ser expostas em um futuro museu da Ponte Hercílio Luz. Bem como, trouxe a notícia de que o Forte Santana, localizado na cabeceira insular da ponte passará por uma reforma. Dessa maneira, o local poderá ser utilizado por visitantes para contemplar uma bela vista da ponte Hercílio Luz.

O futuro e destino da ponte Hercílio Luz

Já o Secretário adjunto, Thiago Neves, apresentou as etapas da obra de restauração da ponte e mostrou o cronograma final da obra. De acordo com o secretário, a previsão é de que seja concluída no dia 30 de dezembro deste ano, porém as estruturas de apoio que seguram a estrutura para a substituição das barras de olhal serão retiradas em Março de 2020.

Secretário Michel Mittmann durante sua fala. Acervo VIA.

O Secretário de de Transporte e Mobilidade Urbana de Florianópolis Michel Mittmann apresentou as propostas para o entorno da ponte e o seu uso. Assim, com relação ao entorno expôs a necessidade de planejamento e em uma sequência para os projetos de interação. Inicialmente, os projetos que ligam a ponte a algum lugar. Bem como, destacou o potencial de desenvolvimento do turismo na região, com o Parque da Luz e o Forte Santana.  A ideia inicial é priorizar a abertura da ponte para pedestres, ciclistas, transporte coletivo e veículos de emergência.  Porém, será executado de forma gradativa, para entender como funcionará. Além disso, apresentou projetos já realizados na cidade no âmbito da mobilidade urbana sustentável.

Mesa completa em momento de resposta das perguntas. Acervo VIA.

A última palestra foi do professor do Observatório de Mobilidade Urbana da UFSC, Bernardo Meyer, que apresentou os estudos realizados que dizem respeito a área metropolitana de Florianópolis e o impacto do transporte coletivo na região. Por fim, os palestrantes responderam perguntas feitas pelo público. O prefeito Gean Loureiro, respondeu algumas perguntas referente ao destino da Ponte Hercílio Luz e o evento foi finalizado. Dessa maneira, o evento pode trazer diferentes pessoas e percepções acerca do futuro da Ponte Hercílio Luz. Bem como, mostrou aos participantes o que está sendo planejado para o seu entorno!

Quer conhecer mais sobre Florianópolis? Veja nosso post sobre os parques  da cidade!
The following two tabs change content below.

Maria Eduarda Zanella

Estudante da graduação de Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal de Santa Catarina. Movida por desafios, busca aprender mais sobre inovação, cidades criativas e humanas e levar o conhecimento a comunidade, fazendo de alguma forma um mundo melhor.